Descrição

Cândido Costa Pinto (1911-1976)
Óleo sobre tela cujo tema se insere numa série de obras iniciada em 1943 sobre o Fado.
Assinado e datado de 1947.
Dim.: 57 x 42 cm.

Cândido da Costa Pinto (1911-1976)
Pintor e artista gráfico fundador do "Grupo dos Divergentes" em 1931, dedicou-se na década seguinte à ilustração de livros da editora "Livros do Brasil", designadamente para a "Colecção Vampiro". Nessa fase demonstra uma tendência estética para o surrealismo que viria a marcar a sua obra futura à qual não é estranha a sua estada em Paris e os seus contactos com André Breton
De realçar a sua participação na Exposição do Mundo Português, em 1940, na II Exposição Geral de Artes Plásticas do SNBA, em 1947 e em várias em exposições de Arte Moderna organizadas pelo S.P.N./S.N.I, nas Bienais de Veneza, em 1950 e S. Paulo em 1951, ano em que venceu o Prémio Souza-Cardoso.
De 1946 a 1948 colaborou no semanário Mundo Literário.
A ele se deve a constituição do "Grupo Surrealista de Lisboa", em 1947, do qual, entre outros, fizeram parte Vespeira (1925-20012) Fernando Azevedo (1923-2002), Mário Cesariny (1923-2006) e José Augusto França (1922).
Em 1962 radicou no Brasil onde faleceu.

Cândido Costa Pinto (1911-1976)

   
Lote - 167

Base de Licitação: 5922.50

Instale o Google Chrome para desfrutar de todas as funcionalidades do leilão.
Ref: 2017.9147

Partilhar