Texto Autógrafo do Tenor Tito Schipa (1888-1965) e Texto Autógrafo da Actriz Luysa Santanella (1894-1974)

50,00 € 59.2359.23 EUR


Adicionar ao Carrinho

Texto Autógrafo do Tenor Tito Schipa (1888-1965) e Texto Autógrafo da Actriz Luysa Santanella (1894-1974)

Texto Autógrafo do Tenor Tito Schipa (1888-1965)
Dedicatória em Português, datada de 1946.
Foi um dos maiores cantores líricos do século passado. A sua carreira, essencialmente internacional e com particular êxito nos Estados Unidos da América, ficou marcada por uma rivalidade alimentada pelo público, mais do que pelo próprio, com outro grande cantor: Enrico Caruso (1873-1921). Falava fluentemente quatro línguas. Cantava em doze, entre as quais como jocosamente dizia, o "aborígine australiano" e o "napolitano". Actuou em Portugal diversas vezes.

Texto Autógrafo da Actriz Luysa Santanella (1894-1974)
Datado de Lisboa 16/2/1925, em italiano.
Natural de Turim, iniciou a sua carreira em Portugal, vinda do Brasil, em 1916.
Ficou memorável o seu papel de “GiGi”, na opereta “Conde Barão”. Casada com Estevão Amarante (1894-1951) constituiu a empresa "Satanela-Amarante", sediada no Teatro Avenida que viria a ser liquidada em 1931. Santanela desenhou os seus próprios figurinos, superintendeu às coreografias bem como às cenografias, revelando inesgotáveis energia e criatividade combativa. Em 1935 regressa ao Brasil onde se fixou até 1945. A sua despedida dos palcos ocorreu com a revista “Passarinho da Ribeira”.

Proveniência: Antiga colecção de Alda Sousa Bastos, filha da actriz Palmyra Bastos (1875-1967) e do dramaturgo e empresário teatral António de Sousa Bastos (1844-1911).

12,0 x 18,0 cm

Ref: 2017.7812

Partilhar