Rueffa e a vanguarda de abraçar o passado

Rueffa e a vanguarda de abraçar o passado


Nos últimos tempos, as mulheres artistas estão a ganhar grande importância aos olhos do público. Estão a ficar visíveis. Finalmente as artistas femininas, emergentes e consolidadas, começam a ganhar um espaço na cena artística internacional, como é o caso de Rueffa

Rueffa é uma artista que podemos enquadrar dentro do movimento da Pop Art, uma arte que, contra a crítica comum, tem pouco ou nada de banal. Pelo contrário, a Pop Art tem uma grande componente política e está consciente dos elementos que compõem a sociedade de consumo, como Rueffa. 

Rueffa está a documentar através do seu trabalho o que nos rodeia, a nossa cultura de imagem, aquela que está pronta para ser embalada e vendida, mas também partilhada pelas redes sociais, como selfies. E honra os grandes ícones do passado que, como Frida Kahlo, têm vida para imitar a arte, e não o contrário.

 

Rueffa | P55 Magazine | P55 - A plataforma da Arte


Origens 

Das origens de Rueffa temos algumas pinceladas que ajudam a compor a sua pintura vital: a sua terra natal é Portugal onde cresceu e se formou como artista plástica depois de estudar História da Arte na Universidade Nova de Lisboa, instituição que foi criada no âmbito de políticas de expansão e renovação de estudos universitários em Portugal. 

Em 2013 apresentou e defendeu a sua tese de fim de licenciatura naquela universidade e talvez tenha aprendido com esses doces anos o que é a tenacidade e a ausência de medo do trabalho árduo.
Como a própria refere "às vezes passas dias sem dormir" e não custa muito imaginá-la envolta no processo criativo das suas obras.

Segundo Rueffa, tudo começou por causa do seu pai, e conta sempre a mesma história:
"Ele estava a fazer um frasco de perfume gigante em esferovite quando me deu para as mãos um esgravatador e disse-me para o usar, para fazer alguma coisa com ele. Eu era muito pequena, mas inconscientemente, por começar a trabalhar com ele, fui adquirindo todas as competências técnicas e artísticas." 

Foi também o pai de Rueffa que a apresenta ao universo da Pop Art, a Roy Liechtenstein e Warhol, no qual permanece até hoje. 
Aos 18 anos teve um acidente de carro e durante o tempo que passou no hospital Rueffa recebe do pai um livro da editora de arte Taschen sobre a  Pop Art, e ao folhear as suas páginas, ficou totalmente rendida com a obra de Roy Liechtenstein "Sunrise".
Aquela imagem de um sol nascente deu-lhe uma força interna até então desconhecida. Não sabe se foi pelo seu sentido metafórico ou simbolismo mas começou a reproduzir a imagem da madrugada incessantemente. Este ato inocente tornou-se o primeiro passo na carreira artística de Rueffa, embora ainda não o soubesse.

Rueffa | P55 Magazine | P55 - A plataforma da Arte

O Universo de Rueffa


O universo que povoa a obra de Rueffa, como ela própria refere, implica "a criação de um novo discurso para os grandes ícones da Pop Art". 
Rueffa propôs-se ao desafio de prestar homenagem, sempre com respeito, às grandes figuras da História da Cultura, como Freddy Mercury, Beethoven, Andy Warhol, Dalí, Marilyn Monroe, Basquiat... até ao próprio António Variações. A verdade é que Rueffa tem um gosto especial pelos anos 80 onde parece parar regularmente, com as suas luzes de néon e a música que muitos consideram a melhor de todas as décadas.
Talvez a cultura americana seja também a que melhor reflete o corpus artístico de Rueffa. No seu trabalho abunda a estética das pin-up dos anos 50 e imagens de atores da idade do ouro de Hollywood.

Rueffa | P55 Magazine | P55 - A plataforma da Arte

Exposições

 

Rueffa tem aparecido em inúmeros espaços, tanto a nível nacional como internacional, como a Hoxton Gallery e a Royal Opera House em Londres, a seletiva Kraux Gallery em Nova Iorque ou o Museu de Arte de Brasília, para citar alguns.
Entre as exposições mais essenciais de Rueffa temos "I Love You" onde encantou o público do Casino de Lisboa com peças inéditas e surpreendentes recorrendo a materiais contemporâneos como a espuma de poliuretano e também instalações.
São também indispensáveis "Time Lapse I" em Lisboa, onde expôs imagens de ícones pop portugueses e estrangeiros, e "Três Fridas" feitas no 110º aniversário da artista mexicana, onde Rueffa apresentou três representações de Frida elaboradas sob três técnicas artísticas diferentes.
Em Fevereiro do mesmo ano, a comunicação social fez eco da mais recente exposição de Rueffa no museu Oscar Niemeyer em Brasília, levando à capital durante o mês de agosto a sua estética Neopop com a obra "Welcome" numa homenagem à cantora luso-brasileira Carmen Miranda, cuja data assinala 65 anos após a sua morte.

Uma reivindicação legítima 

Há algo de desconfortável no percurso profissional de muitos artistas e é a sua dificuldade em se promover. Vamos acrescentar ao facto de Rueffa ser uma mulher e voilá, temos o terreno fértil para uma reivindicação legítima. Rueffa expressa-o honestamente, assim como sofreu na sua própria pele: 

"As galerias só promovem artistas que já conhecem e eu tenho um problema adicional, sou muito jovem e sou uma mulher" ou "Já levei muitas vezes com a porta no nariz (...) Portugal não tem tantos espaços culturais em termos artísticos e é difícil para artistas emergentes entrarem no mercado”. 

Rueffa na P55

Na P55 queremos contribuir para a visibilidade de artistas como Rueffa, por isso oferecemos uma ampla seleção das suas obra como aposta vincada na sua fervorosa visão da arte. 
Pode encontrar as obras de Rueffa aqui:

https://www.p55.pt/collections/rueffa/products/rueffa-lucio-fontana-pintura-em-acrilico-sobre-fibra-de-vidro-106x106cm

https://www.p55.pt/collections/rueffa/products/rueffa-camoes-variacoes-pintura-acrilica-sobreposicao-de-resina-cristal-100x100cm

https://www.p55.pt/collections/rueffa/products/marilyn-monroe-pintura-metalica-150x150cm

https://www.p55.pt/collections/rueffa/products/rueffa-keith-haring-poliestireno-expandido-modelado-acrilico-100x100x6cm

https://www.p55.pt/collections/rueffa/products/rueffa-andys-campbell-pintura-em-acrilico

https://www.p55.pt/collections/rueffa/products/rueffa-venus-de-milo-escultura-modelada-em-fibra-de-vidro

https://www.p55.pt/collections/serigrafias-2/products/almada-in-pessoa-fibra-de-vidro-80x80cm


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente